A história de nossa empresa

1857

A “Nassauische Rheinhütte Gesellschaft” é fundada como uma empresa de altos fornos.

1861

Conversão dos altos fornos para uma fundição.

1869

A “Rheinhütte Gesellschaft” é adquirida pelo Professor Ludwig Beck. Beck, nascido em 10 de junho de 1841 em Darmstadt é um especialista em siderurgia. Entretanto ele não é somente um cientista de sucesso, mas também é um pioneiro no campo social. Mesmo antes da legislação social implantada por Bismarck ele já introduzia os conceitos de doenças causadas pelo trabalho e aposentadoria por idade. A folha de pessoal da “Rheinhütte Ludwig Beck and Co.”, como a companhia é agora denominada, cresce rapidamente. O principal objetivo da produção é agora a manufatura de moldes, sua usinagem e assuntos de engenharia mecânica em geral.

1882

Rheinhütte molda peças de máquinas e conexões para sua vizinha Kalle and Albert indústrias químicas bem como para a fábrica de cimento Dyckerhoff.

1899

A editora de livros técnicos Vieweg imprime a “História do Ferro” pelo Professor Ludwig Beck em cinco volumes. Seu principal trabalho literário é ainda hoje utilizado como livro didático padrão em todo o mundo.

1900

Início do desenvolvimento dos materiais metálicos resistentes à corrosão.

1909

Fabricado pela primeira vez com ferro-fundido resistente à ácidos com uma alta proporção de Silício. Ainda hoje este material é a primeira escolha para muitas utilizações.
Neste ano o engenheiro Wilhelm Beck, nascido em 16 de maio de 1881 em Wiesbaden Biebrich, assume o controle da companhia de seu pai e a empurra para a frente mediante novas expansões e a modernização de suas oficinas mecânicas. Rheinhütte sobrevive aos anos difíceis da Primeira Guerra Mundial graças aos inúmeros novos desenvolvimentos, uma vez que, ao término da guerra somente restaram 125 empregados trabalhando.

1918

No dia 23 de julho o Professor Ludwig Beck falece.

1920

Rheinhütte desenvolve as primeiras bombas para elevação de concreto.

1924

A primeira bomba centrífuga para uso químico vedada hidrodinamicamente é originada e desenvolvida na Rheinhütte.

1925

As primeiras bombas para uso químico feitas de ferrosilício moldado são construídas e utilizadas.
Deste ano em diante, numa sequência sem falhas, Rheinhütte apresentou seus produtos na ACHEMA, a maior feira de negócios do segmento do mundo.

1932

Desenvolvimento e fabricação pela Rheinhütte das primeiras válvulas químicas.
Simultaneamente na Rheinhütte bombas estão sendo fabricadas em moldes de ferrosilício, ferro cinza, bronze e aço, com as matérias-primas aço inoxidável, bronze e chumbo endurecido.

1944

Wilhelm Beck também lidera a estória da companhia durante a Segunda Guerra Mundial. Como irmão do General Ludwig Beck, nascido em 29 de junho de 1880 em Wiesbaden Biebrich, é levado imediatamente para sua Sippenhaft (punição familiar – lei alemã antiga que punia também membros da família de um criminoso) após a tentativa frustrada de assassinar Hitler em 20 de julho de 1944. Ludwig Beck era um líder e membro ativo da resistência à Hitler e caso o golpe de estado fosse bem-sucedido, estava previsto que seria o novo chefe da nação; ele faleceu na noite de 20 de julho.

1945

O ano do completo desmanche da Rheinhütte. Entretanto a Comissão Aliada logo permite sua reconstrução.

1950

O desenvolvimento mercurial da indústria química mundial faz com que a Rheinhütte crie uma organização de vendas internacional.

1963

Wilhelm Beck falece no dia 10 de julho. A direção da Rheinhütte é assumida por seu filho único engenheiro Walter Beck.

1970

Inauguração de uma moderna fundição de aço inoxidável. Ao mesmo tempo criaram-se novos laboratórios de pesquisas e uma auditoria independente de controle de qualidade.

1978

Graças à participação na VKP Vereinigte Kunststoff Pumpen GmbH de Rennerod o alcance das entregas cresce com esta associada.

1988

O grupo Friedrichsfeld, hoje FRIATEC AG, assume o controle da Rheinhütte garantindo assim a continuidade da existência do que até hoje tem sido uma empresa familiar. Nos anos seguintes a força econômica da Rheinhütte é aumentada consideravelmente em função do maior foco no principal negócio da empresa, a construção de bombas para uso químico e também pela mudança da fundição para Portugal.
Com a transferência da coletânea de bombas de cerâmica da Friedrichsfeld, a mais antiga linha de bombas químicas do mundo, Rheinhütte ganhou novo impulso tecnológico na região de Wiesbaden.

1993

Inauguração do novo Centro de Serviços em Wiesbaden.

1994

Recebe a Certificação DIN ISO 9001.

1998

Aquisição da FRIATEC AG pelo English Glynwed, membro da Glynwed Pipe Systems Group.

2001

Glynwed Pipe Systems é adquirida pelo Belgian Etex Group.

2003

O Grupo ETEX é reestruturado. Suas divisões Plásticos Técnicos, Cerâmicas Técnicas e Engenharia Mecânica recebem um novo nome: Aliaxis. Isto permite o surgimento de um grupo internacional de companhias com 12.000 empregados distribuídos por 88 empresas, que está presente em 37 países cobrindo todos os continentes.

2007

150º Aniversário da Rheinhütte Company.

2012

Recebem a Certificação OHSAS 18001.

2015

Recebem as Certificações ISO 14001 e ISO 50001.

2016

Cisão da RHEINHÜTTE Pumpen GmbH da FRIATEC AG em 01 de setembro de 2016.